Motivos que nos recomendam esta Devoção – Aula V

C0f0968555a1e046963baa6b5e74e3c9?s=47 Salve Maria
October 29, 2019

Motivos que nos recomendam esta Devoção – Aula V

Aula V do Curso de Consagração a Nossa Senhora pelo método de S. Luís Maria Grignion de Montfort - Primeira parte do capitulo 5: Motivos que nos recomendam esta Devoção.

C0f0968555a1e046963baa6b5e74e3c9?s=128

Salve Maria

October 29, 2019
Tweet

Transcript

  1. None
  2. Capítulo V ❖ MOTIVOS QUE NOS RECOMENDAM ESTA DEVOÇÃO ❖

    Art. I - Esta devoção nos põe inteiramente ao serviço de Deus ❖ Art. II - Esta devoção leva a imitar o exemplo dado por Jesus Cristo, e a praticar a humildade ❖ Art. III - Esta devoção nos proporciona as boas graças da Santíssima Virgem ❖ Art. IV - Esta devoção é um meio excelente de promover a maior glória de Deus
  3. Capítulo V ❖ MOTIVOS QUE NOS RECOMENDAM ESTA DEVOÇÃO ❖

    Art. V - Esta devoção conduz à união com Nosso Senhor ❖ Art. VI - Esta devoção dá uma grande liberdade interior ❖ Art. VII - Nosso próximo aufere grandes bens desta devoção ❖ Art. VIII - Esta devoção é um meio admirável de perseverança
  4. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. I -

    Esta devoção nos põe inteiramente ao serviço de Deus ❖ Desde que não se pode conceber sobre a terra emprego mais relevante que o serviço de Deus; ❖ Outras confrarias e congregações não entregam tudo ❖ Nesta consagração damos tudo, despertos ou dormindo ❖ Faz-nos desinteressados ❖ Nosso Senhor se deu todo a nós, por justiça, devemos dar-nos todos
  5. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. II -

    Esta devoção leva a imitar o exemplo dado por Jesus Cristo, e a praticar a humildade ❖ Nosso Senhor se fez submisso a Nossa Senhora em toda a vida: humildade, grande exemplo. ❖ Relação da Ss. Trindade com Nossa Senhor: por Ela nos deu Cristo, por Ela gera novos filhos, por Ela nos dispensa graças. ❖ Citação padres da Igreja; ❖ “Eras indigno de receber as graças divinas: por isso elas foram dadas a Maria, a fim de que por ela recebesses tudo o que terias” S. B.
  6. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. II -

    Esta devoção leva a imitar o exemplo dado por Jesus Cristo, e a praticar a humildade ❖ Sermão o Aqueduto, de S. Bernardo. ❖ Por Ela Deus nos dá graças, por Ela devemos dar graças a Deus. ❖ Prática de grande humildade, virtude maior que as outras.
  7. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. II -

    Esta devoção leva a imitar o exemplo dado por Jesus Cristo, e a praticar a humildade ❖ Muito agrada a Nossa Senhora quem se entrega totalmente a Ela. Por isso dá-lhe muito mais como filho dileto. ❖ S. João e Nossa Senhora aos pés da Cruz: “Accepit eam discipulus in sua” (Jo 19, 27). ❖ Faz a alma desprezar-se e alegrar- se com Ela: confiança inabalável. ❖ Sermão de S. Bernardo.
  8. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. III –

    Esta devoção nos proporciona as boas graças da Santíssima Virgem ❖ Maria se dá a quem é seu escravo por amor. ❖ Maria purifica nossas boas obras, embeleza-as e as torna aceitáveis a seu Filho. ❖ Damos tudo a Deus por meio de Nossa Senhora. ❖ As purifica de todo amor próprio.
  9. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. III –

    Esta devoção nos proporciona as boas graças da Santíssima Virgem ❖ Embeleza as nossas boas ações com seus méritos e virtudes (rei e a maçã no prato de ouro). ❖ Oferece tudo a Nosso Senhor e nada retém para si. ❖ Faz Nosso Senhor aceitá-las.
  10. Motivos que nos recomendam esta devoção ❖ Art. IV -

    Esta devoção é um meio excelente de promover a maior glória de Deus ❖ Esta devoção fielmente praticada é um excelente meio para fazer com que o valor de todas as nossas boas obras contribua para a maior glória de Deus (151) ❖ Quase ninguém age com este nobre intuito, apesar de a isto estarmos obrigados, ou porque não conhece em que consiste a maior glória de Deus, ou porque não a quer. Mas a Santíssima Virgem, a quem conferimos o valor de nossas boas obras, sabe perfeitamente em que consiste a maior glória de Deus, e nada faz que não contribua para este fim. Daí, um perfeito servo dessa amável Soberana, que a ela se consagrou inteiramente, como dissemos, pode dizer ousadamente que o valor de todas as suas ações, pensamentos e palavras, é aproveitado para a maior glória de Deus, a não ser que revogue expressamente a intenção de sua oferta.
  11. Salve Maria