Machismo Estrutural - Pequenos detalhes, mas grandes impactos

272b9265412fa0f1c4514ee5c5f4e01f?s=47 Inajara Leppa
August 25, 2020
18

Machismo Estrutural - Pequenos detalhes, mas grandes impactos

Como a sociedade evoluiu em um modelo em que a estrutura é machista e como isso impacta nós mulheres? O machismo existente vai além do indivíduo, é estrutural e está nos pequenos detalhes.

272b9265412fa0f1c4514ee5c5f4e01f?s=128

Inajara Leppa

August 25, 2020
Tweet

Transcript

  1. MACHISMO ESTRUTURAL PEQUENOS DETALHES GRANDES IMPACTOS

  2. Estou na área de tecnologia há mais de 10 anos,

    sou formada em Sistemas para Internet e atualmente sou Engenheira de Software na Creditas. Defensora dos testes automatizados e acredito que a tecnologia aliada à educação tem o poder de transformação social. Uma curiosidade sobre mim: Quando eu era adolescente queria ser bióloga marinha e cheguei a colocar o curso como uma opção no ProUni INAJARA LEPPA OLAR
  3. MACHISMO ESTRUTURAL O QUE É? O machismo tem como raiz

    uma palavra latina (macho) e trata-se, principalmente, do enaltecimento do gênero masculino sobre o feminino, expresso por comportamentos, opiniões e sentimentos que declaram a desigualdade de direitos entre os dois. A sociedade criou uma definição do que é "ser mulher" ou "ser homem" e isso faz com que o papel de cada gênero já esteja pré estabelecido. Toda criança que nasce já está com seus direitos e deveres definidos por causa do seu órgão genital, isso além de machista é transfóbico. 01 02 MACHISMO ESTRUTURAL
  4. É ESTRUTURAL QUANDO Ao entrar em uma loja de brinquedos

    e um lado estar cheio de bonecas e brinquedos cor de rosa e o outro lado ser colorido e cheio de brinquedos criativos. Quando um casal engravida e o homem cis é endeusado por "ajudar" a mulher enquanto ela precisa cuidar da casa, da criança e muitas vezes do marido. No Brasil, uma pesquisa divulgada no fim de 2019, realizada pela consultoria Talenses com o Insper indicou que apenas 13% das empresas brasileiras têm CEOs mulheres. MATERNIDADE COMPULSÓRIA JORNADA TRIPLA PRESSÃO ESTÉTICA DESIGUALDADE SALARIAL MASCULINIDADE TÓXICA
  5. ESTEREÓTIPO A área ainda é masculinizada, o que torna mais

    difícil entrar e se manter na área quando possui o perfil que foge do estereótipo. (Muito bonita pra ser de TI, mulheres são para área de humanas, homem sabe mais de tecnologia, etc). O ENCAIXE FORÇADO Quantas vezes mulheres de tecnologia precisam aceitar certos preconceitos para se encaixar no time ou empresa em que estão trabalhando? É bem comum que as mulheres precisem deixar de lado sua personalidade e jeito de ser para conseguir trabalhar na área. FALTA DE REPRESENTATIVIDADE A falta de representatividade faz com que poucas mulheres se interessem pela área e também faz com que as mulheres sejam prejudicadas durante a sua jornada, pois estarão sendo contratadas, desenvolvidas e avaliadas por homens, o que pode causar injustiças. TRABALHO DOBRADO Muitas empresas de tecnologia exigem que as pessoas trabalhem além dos seus horários e que façam além do seu trabalho, considerando a tripla jornada de trabalho que as mulheres exercem no Brasil, isso faz com que a realidade seja ainda mais complexa para mulheres mães, gestantes, com deficiência, etc. E NA ÁREA DE TECNOLOGIA?
  6. MULHERES, UNI-VOS JUNTAS SOMOS MAIS FORTES SEJA UMA MULHER QUE

    LEVANTA OUTRAS MULHERES Reconheça o trabalho de suas colegas mulheres, de feedbacks positivos e construtivos para apoiar sua jornada. Se você é uma mulher em cargo de liderança, contrate e desenvolva outras mulheres. DIGA NÃO A COMPETITIVIDADE FEMININA Nós mulheres fomos ensinadas a competir umas com as outras, isso se reflete também na nossa carreira, precisamos parar de enxergar colegas mulheres como nossas rivais, mas sim como nossas companheiras QUEBRE O CICLO E NÃO REPRODUZA O MACHISMO Mulheres não são machistas, apenas reproduzem o machismo ensinado e vivido. Precisamos aprender mais sobre o machismo e sobre o feminismo para acolher as outras mulheres, quebrar o ciclo do machismo e nos fortalecermos.
  7. instagram: @inajaraleppa twitter: @inajara_ email: inajaraleppa@gmail.com OBRIGADA