WPstress.com: WordPress inicial (1/3)

WPstress.com: WordPress inicial (1/3)

Formação inicial para novos utilizadores WordPress:
– instalação
– conhecer o WordPress

Fa986d6c48555d9dc105e5f77958fab1?s=128

Alvaro Gois dos Santos

November 11, 2014
Tweet

Transcript

  1. WordPress Formação inicial Novembro de 2014

  2. O meu nome é Álvaro Góis. Sou psicólogo.

  3. Estou ligado à edição e ao design desde os anos

    1990. Comecei a usar o WordPress por necessidade. 
 Nunca mais parei.
  4. Contactem-me por email alvarogois@ovni.org ou no facebook fb.com/alvarogois ou via

    skipe alvarogois @alvarogois
  5. Melhor ainda! Vamos testar o #slack? ! Registem-se em wpstress.slack.com

  6. Mas, afinal, o que é 
 o WordPress?

  7. O WordPress é um CMS. Serve para construir sites.

  8. CMS é o acrónimo de Content Management System. Ou seja,

    sistema de gestão de conteúdos.
  9. Um CMS faz a gestão de conteúdos 
 comunicando com

    uma base de dados, 
 que indexa a informação.
  10. O WordPress é usado em mais de 47% dos sites

    movidos por um CMS.
  11. Ou seja, cerca de 12 730 053 sites. ! !

    http:/ /trends.builtwith.com/cms
  12. A primeira versão do WordPress foi lançada em 2003. Desde

    então já houve cerca de 100. A actual é a 4.0. ! http:/ /pt.wordpress.org/wordpress-4.0-pt_PT.zip
  13. Por que é o WordPress tão popular? É robusto, flexível,

    simples e grátis. ! http:/ /pt.wordpress.org/wordpress-4.0-pt_PT.zip
  14. Grátis?! Como é que pode ser grátis?

  15. Porque é desenvolvido por uma comunidade 
 para a comunidade.

  16. A comunidade WordPress são todos 
 os que colaboram para

    o tornar melhor. ! http:/ /make.wordpress.org/
  17. Seja com código, com ideias, 
 ajudando quem tem dúvidas,

    traduzindo… ! http:/ /make.wordpress.org/
  18. “WordPress? Isso é para blogues…”

  19. O WordPress começou como plataforma de blogues. Mas graças à

    sua flexibilidade e robustez, 
 tornou-se multifuncional.
  20. 
 ! http:/ /www.rollingstones.com/

  21. 
 ! http:/ /usainbolt.com/

  22. 
 ! http:/ /thenextweb.com/

  23. 
 ! http:/ /observador.pt/

  24. 
 ! http:/ /www.jazzdesk.com/ http:/ /www.flagrantedelicia.com/ http:/ /www.milaneza.pt/ http:/ /patriciafurtado.net/

    http:/ /www.cooperativa-cowork.com/ http:/ /anateresafernandez.com/ http:/ /ovolandia.com/
  25. Afinal, WordPress é  wordpress.com ou wordpress.org?

  26. wordpress.org é o site de onde podemos descarregar o software,

    que vamos instalar no nosso servidor, instalar temas e plugins. ! wordpress.com é um serviço de alojamento onde todos podem alojar sem custos um site WordPress, mas tem limitações.
  27. wordpress.org ! + é grátis e livre + comunidade enorme

    que melhora o software + pode-se instalar temas + pode-se instalar plugins + não é preciso pagar por qualquer atualização + pode-se alterar o código à vontade + pode-se controlar o negócio à volta do site ! – tem de se instalar o software – tem de se ter algum traquejo tecnológico – somos responsáveis por atualizar o software – somos responsáveis por manter o site seguro – somos responsáveis por fazer cópias de segurança wordpress.com ! + grátis + a manutenção é feita pela plataforma. + alojado em centenas de servidores, sempre disponível + o conteúdo é guardado automaticamente ! – o wordpress.com tem temas limitados – não se pode carregar plugins nem temas – não se pode alterar o código PHP da plataforma – não se pode controlar a publicidade no site – para ter mais espaço, incorporação de vídeos e um domínio próprio, temos de pagar
  28. Temas…? Plugins…?

  29. Temas são modelos que podemos aplicar ao nosso conteúdo para

    alterar a forma como é apresentado. ! (Em outros sistemas chama-se template.)
  30. Plugins são aplicações que podemos adicionar  para garantir funcionalidades

    extra no nosso site.
  31. O local indicado para começar a procurar é o repositório

    do WordPress.org ! TEMAS – http:/ /wordpress.org/extend/themes/ PLUGINS – http:/ /wordpress.org/extend/plugins/ ! Temas e plugins comerciais encontram-se desde cerca de 10 euros.
  32. 
 ! http:/ /freelancewp.com/themes (para ver e pesquisar) http:/ /creativemarket.com

    (pagos) http:/ /themeforest.net (pagos) http:/ /codecanyon.net (plugins pagos) http:/ /woothemes.com (pagos) http:/ /elegantthemes.com (pagos)
  33. Temas e plugins comerciais podem encontrar-se  em sites de

    pirataria. Usem sempre temas e plugins alojados em fontes seguras, no repositório  ou em sites reconhecidos. Ou estão a pôr em risco  a vossa instalação e outras instalações de WordPress.
  34. OK. E para começar?

  35. 
 ! Requisitos: PHP versão 5.2.4 ou superior. MySQL versão

    5.0 ou superior. ! Recomendações: O módulo Apache mod_rewrite. Um link para http:/ /pt.wordpress.org no seu site. :)
  36. Alojamento? Alojamento web é o serviço prestado  por um

    servidor de páginas web e de outras aplicações.
 
 A oferta é imensa, nacional e internacional.
  37. Partilhado? Dedicado? VPS? Cloud? ! Depende da aplicação.

  38. Desenvolvimento local ou remoto? Depende do fluxo de trabalho, da

    equipa, etc. ! Há várias soluções para instalação local, a mais simples  talvez seja o ServerPress: http:/ /serverpress.com
  39. Por norma, o alojamento disponibiliza um painel de gestão cPanel,

    bases de dados MySQL e acesso FTP. ! http:/ /www.cpanel.net/media/tutorials/mysqlwizard.htm http:/ /www.cpanel.net/media/tutorials/addmysql.htm http:/ /www.cpanel.net/media/tutorials/ftpacct.htm
  40. Ao escolherem o alojamento web,  optem por alojamento Linux.

    ! A menos que já tenham ou usem um servidor WIndows e queiram mesmo mantê-lo, escolham Linux, vão ter menos problemas.
  41. E instalar…?

  42. Há várias formas de instalar o WordPress. ! A famosa

    instalação de 5 minutos http:/ /pt.wordpress.org/instalacao/ ! Aqui vamos fazê-lo de outra maneira.
  43. Por norma, acede-se à área de administração  do alojamento

    pelo URL: ! http:/ /www.omeusite.pt/cpanel
  44. Aqui vamos aceder à conta demo assim: ! http:/ /nome.wpstress.com/cpanel

    ! utilizador: nome senha: [a senha fornecida]
  45. ! Depois de aceder à área de administração do alojamento

    (cPanel) procurar o Softaculous Apps Installer
  46. ! Escolher o WordPress. ! A apresentação e o nome

    do instalador podem variar, 
 mas o princípio é semelhante.
  47. Notas importantes da instalação ! Choose Protocol: por norma será

    http:/ / ! Seleccione Domínio: o domínio associado ao alojamento (ou um deles se forem mais do que um) ! Directório: 
 deve ficar em branco para instalar o WordPress na raiz do domínio
  48. Notas importantes da instalação ! Base de Dados: nome que

    queremos para a base de dados (de preferência não usar wp) ! Table Prefix:
 para reforçar a segurança, trocar o prefixo wp_ 
 por outro que não identifique o WordPress ! Site Name e Site Description:
 nome e descrição do site, podem ser alterados dentro do WordPress ! Enable Multisite (WPMU):
 só para ativar o modo de rede de sites
  49. Notas importantes da instalação ! Admin Username: ! NUNCA NUNCA

    NUNCA criar administrador com nome “admin” ! e usar SEMPRE uma senha forte. 
 Admin Password: Aceita espaços, p.e., “As armas e os barões assinalados”
  50. Notas importantes da instalação ! Admin Email: só um email

    válido permite recuperar uma conta de administrador se se perder a senha ! Select Language:
 definir a linguagem que pretendemos para a instalação ! Limit Login Attempts:
 um plugin extra para reforçar a segurança
  51. Notas importantes da instalação ! Disable Update Notifications:
 é útil

    manter activo, envia email quando a instalação fica desatualizada ! Auto Upgrade:
 a activar ou não consoante o tipo de site, funcionalidades e plugins 
 Automated backups: 
 útil para manter cópias de segurança ! Backup Rotation: define o número de cópias de segurança que fazemos
  52. Para aceder à área de administração do WordPress: ! http:/

    /www.omeusite.pt/wp-login.php
  53. Para aceder à área de administração da conta-demo: ! http:/

    /nome.wpstress.com/wp-login.php
  54. 
 No final desta parte deveríamos saber: ! O que

    é o WordPress (e o Open Source…) A diferença entre wordpress.com e wordpress.org O que podemos fazer com o WordPress: temas e plugins Como é que se instala o WordPress e se aloja um site Algumas regras de segurança na instalação