500 Days of Open Source

500 Days of Open Source

A verdade é que muita gente tem medo ou receio de começar a contribuir por não saber como começar ou não se achar bom o suficiente para levantar alguma contribuição. A ideia é mostrar como ser fácil contribuir e como qualquer pessoa pode fazer isso. A palestra irá abordar de maneira divertida e informativa o desenvolvimento voltado para o open source. Apresentando os pontos positivos e negativos de contribuir 500 dias seguidos em projetos de código aberto. O objetivo final é motivar e mostrar como é fácil contribuir em projetos abertos.

Ed35943d3199ea37b1b60c39615e8163?s=128

Raphael Amorim

August 21, 2015
Tweet

Transcript

  1. (500) DAYS OF OPEN SOURCE

  2. Raphael Amorim raphamundi raphamorim

  3. create things I

  4. create good things I

  5. None
  6. Coisas para fazer/aprender: ( ) Ser bom em PHP (

    ) Aprender Python ( ) Aprender Javascript (x) Aprender Git (x) Criar um projeto no GitHub Sabia muito mal usar push e pull Criei 1 repositório que ficou parado por meses ? ? ?
  7. 2013 Dezembro

  8. 2014 Abril

  9. None
  10. 2014 Abril

  11. ( 100 ) 13 de abril - 23 de julho

    2014 2014
  12. “ Vamos fazer códigos sem parar ”

  13. Ideias que nunca saíram do papel

  14. Aprendizado #1: CRIAR MUITOS PROJETOS NÃO IRÃO GARANTIR QUE VOCÊ

    VAI ADQUIRIR CONHECIMENTO ÚTIL.
  15. Why? “Insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar

    resultados diferentes” - A internet diz que foi Einstein. Mas não foi. Maybe Clarice Lispector. Who knows, right?
  16. Como Você Gera Conhecimento? Tempo Conhecimento Adquirido Descobrindo uma animação

    em CSS! Usando um novo task-runner!
  17. ( 190 ) ~ 20 de outubro 2014

  18. “Acho que está na hora de contribuir”

  19. “Acho que está na hora de contribuir”

  20. Inúmeros Pull Requests fechados sem merge.

  21. Inúmeros Pull Requests fechados sem merge. Inúmeras issues fechadas sem

    levar a lugar algum.
  22. Inúmeros Pull Requests fechados sem merge. Inúmeras issues fechadas sem

    levar a lugar algum. Horas e horas de discussões.
  23. Inúmeros Pull Requests fechados sem merge. Inúmeras issues fechadas sem

    levar a lugar algum. Horas e horas de discussões. Até entender que resolver o problema, na maioria das vezes não é o bastante.
  24. Inúmeros Pull Requests fechados sem merge. Inúmeras issues fechadas sem

    levar a lugar algum. Horas e horas de discussões. Até entender que resolver o problema, na maioria das vezes não é o bastante. Contribuições tem como base resolver problemas sem causar outros problemas.
  25. - “My great concern is not whether you have failed,

    but whether you are content with your failure” Abraham Lincoln
  26. Aprendizado #2: TODO (SEM EXCEÇÃO) PROJETO TEM ALGO PARA SER

    MELHORADO, IMPLEMENTADO OU AJUSTADO.
  27. Aprendizado #3: DESCARTAR OBJETIVOS E METAS QUE NÃO SOMAM EM

    NADA É IMPORTANTE. CONSTANTEMENTE REORGANIZE SUAS PRIORIDADES.
  28. ( 365 ) ~ 12 de Abril 2015

  29. “Overload”

  30. Aprendizado #4: FAÇA ALGO ALÉM DE ESCREVER CÓDIGO. SÉRIO.

  31. De preferência algo que você gosta

  32. “ Criei muitos projetos com tecnologias e propósitos diferentes. Estava

    me tornando muito bom em ser medíocre.”
  33. - “Jack of all trades, master of none” undefined

  34. Aprendizado #5: VOCÊ APRENDE NADA QUANDO ESTÁ TENTANDO APRENDER TUDO

  35. ( 500 ) ~ 25 de Agosto 2015

  36. Aprendizado #6: APRENDER METENDO A MÃO NA MASSA É INCRÍVEL.

    MAS SEMPRE ESTEJA ATUALIZADO. LEIA E BUSQUE O FEEDBACK DE OUTRAS PESSOAS.
  37. Aprendizado #7: FAÇA POR AMOR <3 NÃO POR RECONHECIMENTO

  38. AVINASSH/ROCKSTAR

  39. Aprendizado #8: SAIA DA SUA ZONA DE CONFORTO. NÃO DEIXE

    O MEDO DE JOGAR IMPEDIR QUE VOCÊ JOGUE. * * http://goo.gl/0y0GKc
  40. WRITECODEEVERYDAY.IO

  41. Aprendizado #9: SE ENVOLVA

  42. None
  43. KEEP CODING :)