Qualé dessa Programação Funcional?

83aaddfb8a64b3fcdda06d8562013b7c?s=47 Andrew Rosa
September 19, 2015

Qualé dessa Programação Funcional?

O atual cenário de programação está mais uma vez mudando. Vemos a ascenção de diversas (não tão) novas linguagens, muitas seguindo este tão falando paradigma funcional. Mas o que afinal seria uma linguagem funcional? No que ela difere do que temos atualmente? E mais importante, o que nós Rubistas ganhamos com isso?
Aqui pretendo fazer uma breve exposição sobre o quais seriam estas diferenças entre FP e OOP, suas vantagens e cuidados. E também como podemos trazer algumas de suas idéias e práticas para melhorar nosso próprio código Ruby, hoje.

83aaddfb8a64b3fcdda06d8562013b7c?s=128

Andrew Rosa

September 19, 2015
Tweet

Transcript

  1. 2.
  2. 14.
  3. 17.
  4. 20.
  5. 21.
  6. 26.
  7. 41.

    def make—greeting (event) let name = get event :name year

    = get event :year str "Olá " name " " year "!"
  8. 43.

    result = [] for event in tech_events do result <<

    make_greeting(event) end result
  9. 69.

    def make—greeting (event) let name = get event :name year

    = get event :year str "Olá" name " " year "!"
  10. 70.

    let event = {name: “RC”, year: 2000} greet = make-greeting

    event assert-eq greet, ”Olá RC 2000!”
  11. 76.

    a = [1, 2] # => [1, 2] b =

    push a 3 # => [1, 2, 3] a # => [1, 2]
  12. 82.

    –Alan Kay “I thought of objects being like biological cells

    and/or individual computers on a network, only able to communicate with messages (so messaging came at the very beginning -- it took a while to see how to do messaging in a programming language efficiently enough to be useful).”
  13. 90.
  14. 102.