Upgrade to Pro — share decks privately, control downloads, hide ads and more …

Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

Aula dada na graduação da Ufabc na disciplina de Participação, Movimentos Sociais e Políticas Públicas sobre como a Análise de Redes Sociais na Internet pode ser uma ferramenta possível pra compreensão de cenários.

7b13eb28e6f59c48644a4a2146c3b9ec?s=128

Taís Oliveira

November 06, 2020
Tweet

Transcript

  1. COMPREENDENDO MOVIMENTOS POPULARES A PARTIR DA ANÁLISE DE REDES SOCIAIS

    Me. Taís Oliveira
  2. Taís Oliveira é relações-públicas, Mestre e doutoranda em Ciências Humanas

    e Sociais pela UFABC. Em sua dissertação desenvolveu pesquisa sobre “Redes Sociais na Internet e Economia Étnica: um estudo sobre o Afroempreendedorismo no Brasil“. Já no doutorado pesquisa o impacto da desinformação e discurso de ódio propagado nas plataformas de mídias sociais no movimento antirracista. Trabalha com comunicação digital no terceiro setor, é professora universitária, pesquisadora membra do NEAB- UFABC (Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros), do grupo de pesquisa Desigualdades Sociais no Brasil e do Grupo PARES (Pesquisa em Análise de Redes Sociais). @tais_so taisoliveira.me
  3. QUEM É A TURMA?

  4. A democracia é sempre afetada pela forma como se dão

    os processos comunicacionais. (BRAGA, 2018) Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais | Me. Taís Oliveira
  5. As apropriações da internet, tecnologia e comunicação são estratégias de

    articulação de muitos grupos, dentre os quais os movimentos sociais. Castells (2009) considera esses movimentos como grupos de atores sociais que aspiram mudanças na sociedade e que buscam resistir às instituições políticas quando essas se mostram “injustas, imorais e, em última instância, ilegítimas” (CASTELLS, 2009, p. 394, tradução nossa) e assim pretendem transformar a indignação em ato político. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais | Me. Taís Oliveira
  6. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira o Rede Social precede a Internet e as plataformas digitais; o A rede social é um fenômeno que trata da conexão entre elementos (sujeitos, sistemas, natureza, semântica, etc); o É composta por Atores (nós da rede, pessoas, instituições, grupos) e Conexões (laços sociais); o Barabási e a festa. _Conceito: Rede Social
  7. None
  8. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira o Uma metáfora para observar padrões de conexão de um grupo social; o Atores (nós na rede são representações, perfis, imagens, palavras-chave) e Conexões (interações); o A Análise de Redes Sociais na Internet tenta compreender a estrutura dessas relações; o Como a estrutura é formada, como e por quem é composta, como ocorrem as mediações e interações, quem são os nós mais relevantes, como ocorre o fluxo de informação; _Conceito: Redes Sociais NA Internet
  9. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira o Netlityc: conexão com a API, coleta e visualização (link); o Gephi: métricas e visualização de rede (link); o 20 Ferramentas para Análise de Redes e Grafos em Mídias Sociais. _Ferramentas
  10. None
  11. None
  12. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira #QuemMandouMatarMarielle: a mobilização online um ano após o assassinato de Marielle Franco Taís Silva Oliveira, Dulcilei da Conceição Lima e Claudio Luis de Camargo Penteado (link)
  13. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira o O grau de entrada representa a quantidade de vezes que determinado ator foi mencionado; o O diâmetro determina o tamanho da rede e a maior distância entre dois nós; o A densidade é a métrica que mede a proximidade possível entre os nós da rede, quanto mais próximos de 1 mais rápido é a possibilidade de uma informação circular na rede, quanto mais próximo de 0, a conexão entre outros nós da rede é quase inexistente; o A reciprocidade trata da proporção de laços recíprocos, quanto maior o número maior a existência de conversas bilaterais e menor representa conversas unilaterais, ou seja, sem ida e volta; o Quando o grau de centralização está mais próximo de 1 significa que alguns nós são centrais na discussão na rede, mais próximo de 0 significa que a rede é descentralizada e a informação circula mais livremente; o A modularidade compreende verificar se os grupos (clusters) representam comunidades distintas na rede, valores altos significam divisões claras e valores baixos provavelmente tem um grupo central de nós. _Algumas Métricas (Gephi)
  14. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira o Redes Sociais na Internet e a Economia Étnica: Um estudo sobre o Afroempreendedorismo no Brasil (link); o Os maiores absurdos que um sudestino já te disse (link); o Usando análise de redes sociais para mapear veículos e relacionamento com a imprensa (link); o Interrogating Vision APIs (link); o Análise de redes para compreender a polarização política do Brasil no Facebook (link); o Quando tudo parecia ser tão distante daqui: a eclosão das narrativas sobre covid-19 (link); o #BrequedosApps: fugindo da já tão manjada polarização política no Twitter (link); o Beyond the hashtags: #Ferguson, #Blacklivesmatter, and the online struggle for offline justice (link), _Exemplos de Redes
  15. Redes Sociais na Internet e a Economia Étnica: Um estudo

    sobre o Afroempreendedorismo no Brasil Taís Oliveira
  16. Os maiores absurdos que um sudestino já te disse Pedro

    Meirelles
  17. Usando análise de redes sociais para mapear veículos e relacionamento

    com a imprensasse Taís Oliveira
  18. Interrogating Vision APIs (Interrogando APIs de Visão Computacional) Tarcízio Silva,

    André Mintz et al
  19. Análise de redes para compreender a polarização política do Brasil

    no Facebook IBPAD
  20. Quando tudo parecia ser tão distante daqui: a eclosão das

    narrativas sobre covid-19 Labic / Ufes
  21. #BrequedosApps: fugindo da já tão manjada polarização política no Twitter

    Pedro Barciela
  22. Beyond the hashtags: #Ferguson, #Blacklivesmatter, and the online struggle for

    offline justice Deen Freelon et al
  23. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira
  24. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira _Sugestões de Leitura
  25. Compreendendo Movimentos Populares a partir da Análise de Redes Sociais

    | Me. Taís Oliveira _Sugestões de Leitura
  26. O b rigad a! :) @tais_so taisoliveira.me