Acessibilidade pode ser um jogo divertido

Acessibilidade pode ser um jogo divertido

Apresentação sobre eMAG e uma dinâmica do jogo de tabuleiro no World Plone Day 2014.

29c9108ca9fd4485e8b00858892bd0a5?s=128

Fernanda Hoffmann Lobato

April 30, 2014
Tweet

Transcript

  1. None
  2. None
  3. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e

    Tecnologia da Informação Departamento de Governo Eletrônico Modelo Brasileiro de Acessibilidade em Governo Eletrônico
  4. 4 O DGE e a Sociedade DGE – Departamento de

    Governo Eletrônico  Implantar de forma unificada serviços por meios eletrônicos no governo federal;  Integrar outros níveis de governo na prestação de serviços;  Desenvolver e-serviços orientado por eventos da vida de cidadãos e demais setores sociais;  Definir e Implantar padrões de usabilidade e acessibilidade para e-Serviços;
  5. Tim Berners-Lee, diretor do W3C afirma que o poder da

    Web está na sua universalidade. Para ele, “ser acessada por todos, independente de deficiência, é um aspecto essencial”. A acessibilidade na Web significa, portanto, permitir o acesso a todos, independente do tipo de usuário, situação ou ferramenta. A Web é acessível na sua origem
  6. None
  7. None
  8. None
  9. Já testou seu site?

  10. Já testou o seu site? Sem CSS e imagens Foto:

    Flickr.com - Baddog_
  11. sem monitor ?

  12. Como as pessoas navegam pelo leitor de tela?

  13. Como as pessoas navegam pelo leitor de tela?

  14. Como as pessoas navegam pelo leitor de tela?

  15. Já ouviu seu site hoje?

  16. Apenas 6,96% das páginas do Governo Federal eram acessíveis em

    2011 (em 2010 eram 4,83% de acordo com o Censo na Web do CGI.Br)
  17. Processo para desenvolver sítio acessível: • Seguir os padrões Web;

    • Seguir as diretrizes e recomendações de acessibilidade; • Realizar avaliação de acessibilidade (humana e automatica); • Implementar correções; • Testar novamente.
  18. Código acessível  Conteúdo alternativo para elementos não-textuais;  Dados

    de tabelas acessíveis;  Formulários acessíveis;  Menus de escape;  Teclas de acesso;  Folhas de estilo com medidas relativas;  Documentos legíveis sem a folha de estilos;  Semântica;
  19. Código acessível  Programação em camadas;  Não usar tabelas

    para diagramar;  Não utilizar frames;  Não utilizar elementos proprietários;
  20. Vídeos com legendas

  21. Imagens acessíveis

  22. Cabeçalhos <H1>Título Principal</H1> <H2>Subtítulo</H2> <H3>Sub-Subtítulo</H3> <H2>Subtítulo</H2> <H3>Sub-Subtítulo</H3> <H4>....</H4>

  23. Contraste

  24. Formulários

  25. Formulários <input type="checkbox" value="yes" name="apples"> Apples <input type="checkbox" value="yes" name="oranges">

    Oranges <input type="checkbox" value="yes" name="lemons"> Lemons <input type="checkbox" value="yes" name="limes"> Limes
  26. Formulários <input type="checkbox" value="yes" id=“apples“ name="apples"> <label for=“apples"> Apples</label> <input

    type="checkbox" value="yes" id=“oranges“ name="oranges"> <label for=“oranges"> Oranges</label> <input type="checkbox" value="yes" id=“lemmons“ name="lemons"> <label for=“lemons"> Lemons</label> <input type="checkbox" value="yes" id=“limes“ name="limes"> <label for=“limes"> Limes</label>
  27. Tabelas

  28. Tabelas A5 - TIPO DE CONEXÃO PARA ACESSO À INTERNET

    NO DOMICÍLIO Percentual sobre o total de domicílios com acesso à Internet 1 Percentual (%) Modem Tradicional (acesso discado linha telefônica) Banda Larga 2 Outros NS/NR 3 TOTAL Banda Larga Modem digital via linha telefônica (tecnologia DSL) Modem via cabo Conexão via rádio Conexão via satélite TOTAL BRASIL 20 66 23 25 14 3 6 10 ÁREA URBANA 19 66 24 26 14 3 6 9 RURAL 21 55 17 14 20 5 8 16 REGIÕES DO PAÍS SUDESTE 22 65 21 30 11 3 4 10 NORDESTE 19 64 12 32 18 1 10 9 SUL 13 71 34 12 22 3 8 10 NORTE 31 49 23 11 11 5 14 7 CENTRO-OESTE 13 67 34 18 13 2 8 13 RENDA FAMILIAR Até R$465 16 51 14 20 14 3 12 21 R$466-R$930 22 61 18 24 15 4 4 14 R$931-R$1395 23 62 22 24 13 2 6 9 R$1396-R$2325 23 63 23 22 15 3 6 8 R$2326-R$4650 16 75 32 28 11 4 7 4 R$4651 ou mais 12 78 27 34 16 1 6 5 CLASSE SOCIAL 4 A 11 81 24 41 14 3 9 3 B 18 71 28 26 13 3 6 7 C 22 61 19 24 15 3 5 12 DE 26 41 10 15 15 2 3 29
  29. Acessível via teclado

  30. HTML e CSS

  31. Princípios do W3C Web para todos, em qualquer dispositivo, em

    qualquer lugar, segura e confiável! Foto: everystockphoto.com - woodleywonderworks
  32. 32 de Estrutura  Pragmático (estruturado de acordo com os

    problemas a serem abordados);  Dividido por áreas de atuação;  Padronização de funcionalidades. O que é o e-MAG 3.0
  33. 33 de Itens padrões para o Governo Federal: 1.Página com

    a descrição dos recursos de acessibilidade; 2.Teclas de atalho (3); 3.Barra de acessibilidade; 4.Apresentação do mapa do sitio; 5.Apresentação de formulário; 6.Conteúdo alternativo para imagens; 7.Apresentação de documentos. O que é o e-MAG 3.0
  34. 34 de • Divisão: 6 seções: – Marcação (9) –

    Comportamento (6) – Conteúdo/Informação (12) – Apresentação/Design (5) – Multimídia (5) – Formulário (8) • Total de 45 recomendações (Todas são importantes). Recomendações de acessibilidade
  35. • Cursos em EAD • CMS acessível Suindara • Checklists

    • Pesquisas • Tutoriais • Apoio implementação identidade digital do Governo Federal • ASES E-MAG 3.0 - arcabouço
  36. 36 http://premio.w3c.br/

  37. Alguns relatos pessoais

  38. 38 Fernanda Hoffmann Lobato governoeletronico.gov.br Twitter: @egovbr fernanda.lobato@planejamento.gov.br +55 (61)

    2020 1738