Upgrade to Pro — share decks privately, control downloads, hide ads and more …

Encontros Clássicos I - O Impacto das telas na formação dos filhos

Encontros Clássicos I - O Impacto das telas na formação dos filhos

More Decks by Colégio Santo Afonso | Manaus

Other Decks in Education

Transcript

  1. None
  2. REFERÊNCIAS ➤ The Shallows — What the internet is doing

    to our brains Nicholas Carr ➤ A fábrica de cretinos digitais Michel Desmurget ➤ O mundo que não pensa Franklin Foer ➤ The dumbest generation Mark Bauerlein ➤ Algoritmos de destruição em massa Cathy O'Neil ➤ iGen Jean M. Twenge
  3. FAÇA O QUE EU DIGO, NÃO FAÇA O QUE EU

    FAÇO… ➤ “Seu filho deve amar o iPad, não é?” — Ele nunca usou, nós restringimos a quantidade de tecnologia que nossos filhos usam em casa. (Steve Jobs) ➤ Estamos testemunhando o crescimento de uma geração de nativos digitais que é “multifuncional, tolerante, curiosa, colaborativa” ➤ … porém “zapeadora, impaciente, impulsiva, imatura e dispersa”, com índices altos de “ansiedade” e com QI médio inferior aos da geração anterior
  4. ➤ O uso da tecnologia na infância é majoritariamente para

    fim recreativo (97%) ➤ Em jovens mais velhos, o uso para estudo pode chegar a 9%, configurando 1h de estudo para 7½h de recreação ➤ O tempo de uso só cresce. Com a pandemia, as coisas pioraram muito NATIVOS DIGITAIS? Uso de tela Pré-adolescentes Adolescentes Nenhuma 8% 4% Até 2h/dia 26% 15% 2h - 4h/dia 25% 18% 4h - 8h/dia 26% 33% +8h/dia 15% 29%
  5. ➤ 2 a 8 anos ➤ 3h de telas por

    dia, em um ano isso dá mais de mil horas, fazendo com que a criança fique mais à frente da tela que na escola. ➤ Um quinto do tempo de vigília da criança! ➤ Pré-Adolescência ➤ 4h45 horas por dia, 1 terço do tempo de vigília. 1700 horas, dois anos escolares! ➤ Aos 12 anos, 52% possuem tablet ou laptop próprios, 70% tem celulares próprios, 64% jogam videogame todos os dias, 84% assistem telas todos os dias INFÂNCIA
  6. ➤ Adolescência (13 a 18) ➤ 7h22 tempo médio de

    telas. 30% do dia e 45% do tempo de vigília ➤ Meninas preferem rede social, meninos, videogames INFÂNCIA
  7. ➤ Desinformação, motivada normalmente por fatores econômicos — “Comer chocolate

    emagrece” (Bohannon) ➤ A verdade é que nos estudos, foram identificados padrões de aumento de desenvolvimento cerebral em certas áreas e uma diminuição dramática em várias outras áreas e habilidades A PANDEMIA SILENCIOSA
  8. A PANDEMIA SILENCIOSA ➤ Foram notados aumentos de desenvolvimento em

    áreas relacionadas à formação espacial, memória, planejamento estratégico e coordenação motora fina na utilização de telas, todos relacionados à plasticidade cerebral ➤ Em filmes e jogos de estratégia (como Age of Empires e Mário), formação espacial do universo do jogo, porém intransferível. Em jogos de FPS, redução de matéria cinzenta no hipocampo. ➤ A memória, por sua vez, restringe-se ao sistema de recompensa ligado ao conteúdo, aumentando, portanto, o simples desejo de jogar ou assistir ➤ Por fim, o planejamento estratégico tem um crescimento notável, mas diverso daquele vinculado ao xadrez ou à tomada de decisões.
  9. A PANDEMIA SILENCIOSA ➤ Ao mesmo tempo, notou-se uma diminuição

    expressiva na atenção, compreensão, desenvolvimento da linguagem, segurança emocional, qualidade de sono, relacionamento interpessoal, desempenho escolar, QI e saúde física (sedentarismo e obesidade) ➤ Fica, portanto, a pergunta: Vale a pena arriscar tanto pelo tão pouco? ➤ E a “alfabetização digital”? Vale a pena? Há prejuízo de fazê-la posteriormente? ➤ Quanto mais cedo uma criança se habitua a telas, mais chance de se tornar subsequentemente um usuário prolixo e assíduo (CARTER, 2015)
  10. EFEITOS DAS TELAS Em crianças e adolescentes (e adultos)

  11. ➤ Os primeiros anos são fundamentais em matéria de aprendizagem

    e de amadurecimento cerebral. ➤ As telas privam ou retardam coisas quase impossíveis de se recuperar depois - linguagem, coordenação, raciocínio lógico-matemático, autorregulação, controle inibitório, etc EFEITOS NA INFÂNCIA
  12. ➤ Os primeiros anos são fundamentais em matéria de aprendizagem

    e de amadurecimento cerebral. ➤ As telas privam ou retardam coisas quase impossíveis de se recuperar depois - linguagem, coordenação, raciocínio lógico- matemático, autorregulação, controle inibitório, etc ➤ Crianças menores de 2 anos dedicam em média 50 minutos para telas - 8% do tempo acordado, 15% do seu tempo livre (ERNER, 2014), chegando a 3h30 de uso diário. (33%) ➤ Razões: Fazer com que as crianças fiquem tranquilas em locais públicos (65%), durante as compras (70%), enquanto cumprem tarefas domésticas (58%), para dormir (28%) ➤ Infelizmente, as crianças mais desfavorecidas é que mais utilizam as telas em tempo; mas o estrago nas favorecidas é maior EFEITOS NA INFÂNCIA
  13. ➤ Cada hora diária a mais consumindo telas telas: ➤

    Traduz-se num conceito de desempenho a menos (A-F) (FOURGOUS, 2011) ➤ Diminui em 15% a possibilidade de concluir formação superior (BENNETT, 2008) ➤ Multiplica por dois o risco de desemprego (SELWYN, 2009) ➤ As TICs ➤ One laptop per Child e resultados na Catalunha (6,2% de perda) ➤ Segundo PISA, o uso das TICs PIORA o desempenho escolar. ➤ Quanto mais tempo se passa nas TICs, mais as notas caem ➤ Razão econômica - menos professores qualificados (caros); mais lucro com menos esforço PIORA DO DESEMPENHO ESCOLAR
  14. ➤ Somos obsessivamente humanos na infância, tudo está orientado para

    desenvolver interações sociais, e estas irão moldar todo o desenvolvimento da criança - cognitivo, emocional, social ➤ O hábito da leitura noturna é um exemplo, levando a incríveis desenvolvimentos linguísticos e afetivos, levando a um melhor desempenho escolar ➤ O homem na tela não é o homem real. Neurônios espelho e a experiência do chocalho - quase nulo em crianças menores de 18 meses, menos da metade em crianças de mais de 2 anos ➤ Crianças precisam de interações humanas ➤ Para cada hora passada diante de tela, a criança perde de 52 minutos (bebês) a 23 minutos (adolescentes) de interação com os pais. Isso representa 2500 horas, 3 anos letivos, nos primeiro doze anos da crianças DESENVOLVIMENTO PREJUDICADO
  15. ➤ A linguagem é a habilidade mais importante, é a

    pedra fundamental da nossa inteligência ➤ Trivium e Educação Clássica ➤ Uma maior utilização das telas está associada a uma queda nas capacidades da linguagem ➤ Riqueza da linguagem (lexical) ➤ Índices de Leitura ➤ Compreensão e Raciocínio ➤ Fala e Retórica O PROBLEMA DA LINGUAGEM
  16. ➤ Atenção exógena e endógena ➤ Há uma relação inequívoca

    entre telas e distúrbios de atenção ➤ Cada hora da criança nos primeiras anos escolares em telas aumenta em 50% a probabilidade de distúrbios de atenção ➤ Acima de 2h por dia, segundo outro estudo, há 6 vezes mais chance de distúrbios de atenção ➤ A própria microsoft Canada encomendou e publicou um estudo em que se chega à conclusão que nossa atenção degrada a cada ano e nos últimos quinze chegou ao nível histórico sendo inferior a do… peixinho dourado ➤ Controle inibitório - o experimento do chocalho (dez balas contra 2 balas, 71% de diferença) ➤ Flexibilidade cognitiva - disser toque na cabeça você deve tocar nos pés, depois mudava. 60% de diferença ➤ Segundo outro estudo, o tempo de atenção médio passou de 28 minutos para… seis! ➤ Multifuncionalidade e seus perigos ATENÇÃO
  17. ➤ Enquanto dormimos, o cérebro trabalha ➤ O sono influencia

    saúde, emoções, inteligência ➤ Qualquer que seja a vontade de aprender, as crianças estão fisiologicamente inaptas ➤ Adolescentes que dormem muito tarde (após 23h) tem 25% mais risco de depressão, 20% de pensamentos suicidas ➤ Há 20 anos, nossas taxas de qualidade de sono só pioram, em grande parte pelo uso de telas à noite ➤ Não apenas menos descanso, mas de qualidade inferior ➤ Atrasam a hora de deitar ➤ Aumentam a latência de adormecimento (ação perturbadora dos terminais visuais sobre a melatonina) ➤ Interrompem a continuidade do sono ➤ Excitam ou estressam a mente alterando a qualidade do sono ➤ Crianças que consomem telas por mais de 2h por dia tem 3 vezes mais risco de apresentar sono perturbado ➤ Sedentarismo e obesidade SONO E SAÚDE
  18. ➤ Quanto mais entregamos às maquinas uma parte importante ide

    nossa atividade cognitiva, menos nossos neurônios encontram matéria com a qual se estruturar, organizar e conectar ➤ Retardar o crescimento emocional ➤ Liberdade - algoritmos ➤ Conteúdos de risco ➤ O horror ao esforço. Acha-se muito 1h de estudo, mas se contenta tranquilamente com 7h de telas! ➤ A cultura “comum" das crianças; privar a criança é prejudicá-la ou abençoa-la? ➤ A importância de se “entediar” ➤ As questões espirituais A QUESTÃO MORAL
  19. ➤ Impor limites e estabelecer regras ➤ 10 a 30

    minutos é suficiente para provocar resultados drásticos na saúde (obesidade, torpor) e da cognição (linguagem, funções executivas, atenção) (HEUVEL, 2019) ➤ Até sete anos, NADA DE TELAS ➤ Após os sete anos, as sociedades de pediatria americana, canadense, chinesa, inglesa indicam que o tempo de tela para crianças não deve passar de 1h por dia, mas com tantas restrições que é melhor dizer de uma vez: NADA DE TELAS — acompanhamento do adulto que converse e explique, programas lentos, com cores e movimentos naturais e lineares e sem elementos de distração O QUE FAZER